terça-feira, 10 de julho de 2007

Meus amigos, peço desculpas pelos dias de silêncio. Como havia comentado, meu blog depende daquilo que vejo. Ou melhor: do que me proporcionam ver. Já há dias ocorre uma espécie de greve de espetáculo na vizinhança. E, por não gostar de embromação, preferi calar-me. Mas hoje finalmente alguém jogou a bóia e me salvou. Foi Danuza. Sem saber, Danuza garantiu a continuidade deste microcosmos do qual não faz a menor idéia. Sim, amigos. Danuza abriu-me a sua janela. Deixou escapar sua adorável existência através do vidro. Por entre venezianas e adesivos de marcas. Confesso que experimentei enorme felicidade. Observei que meus sentimentos por Danuza cresceram deveras desde a última vez em que a vi. Não sei como, nem por que. Gosto de fato de Danuza. Desconheço seu verdadeiro nome, sua voz, cheiro. Desconheço o que quer que seja de Danuza. Talvez esse seja o melhor da história. Assim Danuza se torna mais minha. Mais legítima. Original. Mesmo a tendo flagrado em companhia de um homem. Mesmo a tendo flagrado em intimidades com outro macho. Não me importa. Aquele homem não possuía a minha Danuza. Não calculava a santidade que há em Danuza. Estava limitado a uma instância pragmática de Danuza. Não transcendia.

23 comentários:

Klatuu o embuçado disse...

Paixão de voyeur me faz lembrar a lírica provençal! :)

P. S. Amigo, FF Moniz... lembra-te do que dizia Kafka, nos «Diários», da literatura que queria que fosse como um machado! Já Nietzsche falou de filosofia que queria que fosse como um martelo...
A nossa função de escritores também é «foder esta merda toda»! ;)

Abraço.

Dark-Templar disse...

Obrigado pela visita ao meu espaço, e peço desculpa pela retribuição tardia.

Gostei do conceito do teu blog.

Até à próxima

SAM disse...

Que muitas janelas se abram para que possamos continuar a usufruir das transcendências do amigo Voyeur.

Abraço

Gi disse...

Curiso como sendo tão sonhadora nunca consegui acreditar nos amores platónicos. Gosto contudo das tuas pequenas histórias. Na volta somso todos um pouco voyeurs :)

Beijinho bom fim de semana

Ana Luiza Paes Araújo disse...

Este amor por Danuza me pareceu tão Rodrigueano. Gostei!

Carla Martins disse...

Bonita descrição sobre Danusa, diria que é quase um amor...

herético disse...

tens razão. Danuza é a virgem Maria. creio. também eu sou devoto.

abraços

cõllybry disse...

Olá vim actualizar a leitura...

Meu doce beijo

NOBITA disse...

És mesmo um cuscas, se não fosse Danuza, tinhas que inventar algo, pois não podes estar sem dar noticias.
Beijos

Cris disse...

A Danuza é maravilhosa....

um beijinho
Cris

Priscilla Santos disse...

brilhante...
santificada Danuza.
quanto menos conhecemos alguém, melhor. não há amor que sobreviva a saber quem é o outro.
beijos e boa sorte

Nilson Barcelli disse...

A ideia do voyeur está muito bem conseguida em diversos posts que li.
Parabéns.
Um abraço.

Defensor disse...

Salve FF Moniz!

Paixão platônica... às vezes é bem melhor do que a carnal!

Abraços, bom fds

Pollyana disse...

Hum.

Carla Martins disse...

voyeur...ficamos a aguardar novos desenvolvimentos....bom fim de semana, bjs

Utzi disse...

Há muitas formas de amar...

Beijos

Gi disse...

Ou a vizinhança foi toda de férias Õu foste tu
Ou viram que estavam a ser observados e fecharam as cortinas e/ou baixaram os estores
Ou os teus óculos não foram graduados convenientemente e continuas sem ver e/ou a pensares que não vês .

Qual delas?

Beijinhos e bom fim de semana

Menina do Rio disse...

Ainda bem que Danuza abiu a janela, senão ficariamos em silêncio.

Beijos

NOBITA disse...

Então amigo, estás há muitos dias sem dar notícias, que se passa?
Estás doente, ou a Danuza deu-te um fora?
Então, estamos à espera de notícias tuas, nem que seja para dizer olá, ou oi como vocês dizes por ai.
Beijos

A. João Soares disse...

Que a inspiração não lhe falte, e os binóculos funcionem pra encontrar na paisagem temas para estimular a sua descrição.
Abraço
Do Miradouro

Um Momento disse...

Olá
Hoje andei a colocar a minha leitura em dia aqui no teu espaço:)))

Deixo-te um beijo de noite serena
(*)

Prill disse...

e não volta??

Um Momento disse...

Olá:))
Deixei um miminho para ti no meu canto
Beijo para um dia lindo:)))))

(*)